O ÚLTIMO COMETA MAIS BRILHANTE DO SEGUNDO MILÊNIO SERÁ VISIVEL NO BRASIL

Em 27 de setembro de 1999, os astrônomos do projeto norte-americano Lincoln Laboratory Near-Earth Asteroid Research, de pesquisas de asteróides rasantes à Terra, descobriram um cometa de magnitude 17,3, que recebeu o nome C/1999 S4 (Linear S4).

Constituído por um pequeno núcleo de rochas e gelo, o cometa Linear 4S possui uma grande cauda de gás e poeira e provavelmente é oriundo da Nuvem de Oort - que, segundo os astrônomos, seria o nascedouro dos cometas.

Este cometa deverá no dia 23 de julho passar a distância de 56 milhões de quilômetros da Terra e poderá ser o mais brilhante a cruzar a proximidades do nosso planeta desde o cometa Hale- Bopp em 1997.

O cometa Linear S4 será visível no Hemisfério Norte a olho nu em fins de julho. Mas, a partir do dia 17 de julho já poderá ser observado com o auxílio de binóculos, na constelação da Girafa. Em 23 de julho, o cometa estará na constelação da Ursa Maior, como um astro de magnitude 4,5.

No Hemisfério Sul, começará a ser visível, nos primeiros dias de agosto, próximo à estrela Denebola, na cauda da constelação do Leão, em direção à constelação da Virgem, inicialmente, como um astro vespertino de quinta magnitude, logo depois do pôr-do-sol, do lado do poente.

 

 

 

 

 

 

Retorna a Página de Artigos

 

Home